A Social Democracia e o Liberalismo

60

Esse domingo, como sempre faço, abri a Folha da Região para degustar a leitura de meus colegas articulistas, qual minha surpresa, senão um artigo que trazia o título “Liberalismo ou Libertarianismo?”. Obviamente minha atenção foi na hora concentrada na leitura, uma vez que poucos realmente intendem a diferença entre ambos.

Mas qual foi minha surpresa? Obviamente o entendimento superficial de ambos assuntos por parte de meu colega que escrevia sobre a temática. Portanto, me vi na obrigatoriedade de vir a esse espaço para dirimir dúvidas. Principalmente porque hoje em dia, temos uma infinidade de Sociais Democratas se intitulando como liberais.

Libertários são aqueles que por definição não aceitam a interferência estatal em nenhuma das esferas da sociedade, incluindo aí a Justiça e a força de polícia. Para os Libertários tudo é feito por entes privados. Obviamente que para eles o “IMPOSTO É ROUBO”.

Já para nós Liberais, ao Estado cabe seu tamanho MÍNIMO, ou seja, uma única função. Tomar conta da sociedade através do monopólio do uso da Força de Polícia e ter uma Justiça igualitária efetivamente, seria de fato sua única função. Neste caso ainda falaríamos “IMPOSTO É ROUBO”.

E para aqueles que perguntariam: “mas como o Estado pagaria essa despesa com a Justiça e a Polícia sem os impostos?”. Pois bem, a sociedade se viria na necessidade de se cotizar, em valores absolutos, seus gastos com a polícia, promotores, juízes, etc. Esta cotização seria convenientemente chamada de “taxa de segurança e ordem”, a qual teria função exclusiva de financiar essa finalidade e seria calculada de forma igual para todos como acontece com as taxas condominiais. Nada de quem ganha mais paga mais!

Diferentemente do que qualquer autor possa escrever, sugerir, ou tentar distorcer de verdade, a definição de Liberal passa pelo estado mínimo que descrevemos acima. O fato é que a Social Democracia, representada pelo PSDB, está tentando se auto intitular de Liberal, pois viu nesta denominação algo que a sociedade imputou valor.

No entanto, a social democracia do tucanato, não passa de uma representação mais branda de um socialismo, onde faz com que a sociedade caminhe para situações de necessidades de reformas de tempos em tempos, como a situação que estamos vivendo agora com a previdência. Assim sendo, uma filosofia fadada ao fracasso que sempre necessitará de remendos. Liberais de verdade, sempre responderão SIM para a pergunta: “imposto é roubo?”

Deixe um comentário